CEJ recebe trabalhos para a “Série Monografias 2018” até o dia 8/12

04/12/2017 às 08:36

Interessados devem enviar dissertações e teses acadêmicas inéditas

 

         O Centro de Estudos Judiciários do Conselho da Justiça Federal (CEJ/CJF) recebe até a próxima sexta-feira, dia 8 de dezembro, trabalhos acadêmicos para a “Série Monografias 2018”. O edital de chamada para seleção de publicações foi lançado no dia 10 de outubro. Os interessados devem enviar teses ou dissertações obrigatoriamente inéditas.

         A “Série Monografias” é uma coleção editada pelo CEJ, com versão impressa e eletrônica divulgada no portal do CJF, com acesso livre e gratuito. A coletânea tem o objetivo de oferecer um espaço de publicação para profissionais do Direito e acadêmicos divulgarem suas dissertações de mestrado e teses de doutorado sobre temas relevantes para a Justiça Federal, em especial, ou para o Judiciário, em geral, com vistas a estimular o estudo e a produção intelectual.

         O Conselho Editorial do Centro de Estudos Judiciários selecionará de duas a quatro teses ou dissertações para serem publicadas. Para a seleção, será utilizado o sistema de avaliação cega, no qual os autores permanecem anônimos. Serão levados em consideração os critérios relativos ao tema, sua relevância, abrangência (em oposição a temas específicos), atualidade e contribuição para a jurisdição da JF.

         Os trabalhos deverão ser enviados ao CEJ, impreterivelmente, até as 23h59 de 8 de dezembro de 2017, pelo e-mail editoracao@cjf.jus.br, com a especificação no campo “assunto”: Submissão Série Monografias do CEJ – 2018, e contendo, no corpo da mensagem, dados completos do autor (telefone, e-mail e endereço postal) e um breve currículo com as principais e atuais funções e cargos exercidos.

         O resultado da seleção e o cronograma de publicação das monografias serão divulgados até o dia 2 de março de 2018, no site do Conselho da Justiça Federal.

         Acesse aqui a íntegra do edital CJF-EDT-2017/00006.

 

 

AUTOR: CJF


 Imprimir