Justiça Federal na Paraíba realiza solenidade de 50 anos de reinstalação

14/06/2018 às 21:33

Evento ocorrido no edifício-sede, em João Pessoa, foi prestigiado por várias autoridades

 

A Justiça Federal na Paraíba (JFPB) realizou, no fim da tarde dessa quinta-feira (14), no edifício-sede, em João Pessoa, a solenidade que marcou, oficialmente, os 50 anos de sua reinstalação no estado. Vinte e oito autoridades e representantes de órgãos parceiros da JFPB foram homenageados no evento, que contou, ainda, com apresentação de vídeos institucionais e o lançamento do selo dos Correios e Telégrafos, em alusão do Jubileu de Ouro.

 Em seu discurso, o diretor do Foro, juiz federal Bruno Teixeira de Paiva, declarou que “rememorar o percurso da Justiça Federal na Paraíba não significa apenas celebrar a construção de seus prédios, suas estatísticas e de seu impacto na sociedade; é, sobretudo, consignar a gratidão aos que, no exercício da magistratura, dedicaram seus conhecimentos à causa desse relevante serviço público; é continuar imortalizando a memória da instituição, nas pessoas dos juízes e servidores que ora continuam construindo o especial legado”. 

A programação incluiu, também, o lançamento de uma linha do tempo afixada no subsolo do edifício-sede, com registro do legado da Justiça Federal na Paraíba, uma exposição de objetos do memorial do órgão e o descerramento de placas alusivas à ocasião.

 

Homenagens

Durante a Solenidade, foram entregues as Medalhas de Alta Distinção "Juiz Federal Agnelo Amorim Filho" e de Honra "Ministro Oswaldo Trigueiro de Albuquerque Mello”. A primeira destinada ao desembargador federal Rogério Fialho e ao desembargador federal emérito Ridalvo Costa e a segunda oferecida a 26 representantes de órgãos parceiros, que contribuíram ou ainda prestam relevantes serviços à cultura jurídica, à sociedade, às instituições públicas ou à própria JFPB.

 

Medalha de Alta Distinção

“Pra mim é uma honra e uma emoção muito grande fazer parte da história da Justiça Federal na Paraíba, essa instituição que tem sido reconhecida, não só a nível local ou regional, mas também nacional”, disse o desembargador federal Rogério Fialho em relação à condecoração. Já o desembargador emérito Ridalvo Costa declarou que foi uma surpresa ser lembrado pelas ações realizadas como juiz federal. “Foi um trabalho comum, nada de excepcional, eu fui sempre um juiz sem muita divulgação das minhas atividades judiciais”.

O diretor do Foro enfatizou o reconhecimento e a gratidão da Seção Judiciária paraibana aos desembargadores homenageados. “Dr. Ridalvo é um dos protagonistas dessa história. O único aqui presente a quem se pode chamar de pioneiro, tendo aqui atuado, desde a reinstalação, em outubro de 1968, até março de 1989”, falou. “Quanto ao desembargador Rogério Fialho, essa geração conhece o brilhantismo de sua atuação como juiz e homem público, desde quando aqui chegou, vindo de Petrolina, até o momento presente, no exercício da magistratura no TRF5”, complementou o juiz federal.

 

Medalha de Honra

Receberam a Medalha de Honra "Ministro Oswaldo Trigueiro de Albuquerque Mello” representantes do Tribunal de Justiça do Estado da Paraíba (TJPB); do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB); do Tribunal Regional do Trabalho do 13ª Região (TRT-PB); da Procuradoria da República na Paraíba (MPF-PB); da Procuradoria-Geral de Justiça do Estado da Paraíba (MPPB); da Defensoria Pública da União na Paraíba (DPU-PB); da Procuradoria-Regional da União da 5ª Região; da Procuradoria da União na Paraíba (PU/PB); da Consultoria Jurídica da União na Paraíba; da Procuradoria Federal na Paraíba (PF/PB); da Fazenda Nacional na Paraíba (PFN-PB); da Procuradoria-Geral do Estado da Paraíba (PGE-PB); da Procuradoria-Geral do Município de João Pessoa (PGM-JP); da Ordem dos Advogados do Brasil - Seccional Paraíba (OAB-PB); da Controladoria Regional da União no Estado da Paraíba (CGU-REGIONAL/PB); da Polícia Federal na Paraíba (PF); do 1º Grupamento de Engenharia; da Polícia Militar da Paraíba; da Universidade Federal da Paraíba (UFPB); do Centro Universitário de João Pessoa - Ipê Educacional; do Patrimônio da União na Paraíba (SPU-PB); da Caixa Econômica Federal na PB; do Sicoob Judiciário; da Receita Federal do Brasil em João Pessoa.

 

Autor: Seção de Comunicação Social da JFPB - imprensa@jfpb.jus.br


 Imprimir