Semana Nacional de Conciliação inicia na JFPB com posse de 11 novos conciliadores

04/11/2019 às 17:40

Com quadro de 31 integrantes, Cejusc realizará 300 tentativas de acordos até a próxima sexta-feira (08)

A 14ª Semana Nacional de Conciliação começou na Justiça Federal na Paraíba (JFPB) com 300 processos na pauta de audiências e a chegada de 11 novos conciliadores para o quadro do Centro Judiciário de Solução Consensual de Conflitos e Cidadania (Cejusc). Os novos integrantes foram empossados, na manhã desta segunda-feira (04), pela coordenadora do Cejusc, juíza federal Adriana Carneiro da Cunha, no edifício-sede do órgão, em João Pessoa.

Promovida pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), a Semana Nacional é, para a magistrada, um momento de reflexão e, ao mesmo tempo, de concentração de esforços voltados à pacificação social. “Iniciamos de forma especial, pois estamos dando posse a uma nova equipe para o nosso Centro de Conciliação. Este é um trabalho voluntário, um verdadeiro exercício de cidadania: a sua essência é fomentar a cultura da paz, prevenir conflitos e enriquecer ainda mais as práticas conciliatórias”, ressaltou.

Os empossados participaram de uma pré-seleção, realizada em 2016, e agora foram convocados para complementar o quadro do Centro de Conciliação, que passa a contar com 31 integrantes. Elizeane Lucena, que discursou em nome do grupo, afirmou que é uma satisfação enorme fazer parte do Centro. “Aqui é um ambiente diferenciado, que nos mostra que a conciliação não serve só para desafogar o judiciário, e sim para gerar novos laços e dar voz às partes para solucionarem seus próprios litígios”, afirmou.

Ana Célia de Oliveira também assumiu a nova função com as melhores expectativas. “Sou formada em direito há três anos e estou tomando posse juntamente com minha filha, Ana Larissa de Oliveira, que se formou há seis meses. É uma sensação muito gratificante, porque além de estimulá-la, estou contribuindo socialmente, ajudando as pessoas que nunca entraram na justiça a se sentirem mais à vontade para firmar acordos. É oportunidade de aprender e de ajudar”, destacou.

 

Semana de Conciliação na JFPB:

Estão agendadas 300 audiências conciliatórias para serem realizadas até a próxima sexta-feira (08) com temas relativos a benefícios previdenciários, cobrança de anuidade/multa de Conselhos Regionais de Categoria Profissional, contratos bancários e danos materiais e/ou morais, envolvendo vários órgãos, como o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), Caixa Econômica Federal (CEF), Conselho Regional de Corretores de Imóveis (CRECI), Conselho Regional de Enfermagem (COREN), Correios e União.

Além das tentativas de acordos, o Cejusc realizará uma série de atividades voltadas ao fortalecimento da cidadania, com a distribuição de revistas em quadrinhos relacionadas às atividades da Justiça Federal e, em particular, do Centro de Conciliação e Cidadania da JFPB (Turmas do Justino I e II); acolhimento dos participantes das audiências de conciliação no “Biblioteca Viva”, espaço criado especialmente para recepcionar o público, propiciando leitura, troca de livros e doação de cordéis e livretos; distribuição de cordéis da conciliação, explicando o tema em linguagem acessível, fácil e didática, favorecendo a educação e consciência cidadã.

Autor: Seção de Comunicação Social da JFPB - imprensa@jfpb.jus.br


 Imprimir