Justiça Federal na Paraíba já produziu mais de 150 mil atos judiciais desde o início da pandemia

06/11/2020 às 14:28

A quantidade de acórdãos produzidos neste ano de 2020 foi 76% superior ao ano passado

A Justiça Federal na Paraíba (JFPB) ultrapassou o quantitativo de 150 mil atos judiciais produzidos durante a pandemia ocasionada pelo novo coronavírus. Desde que foi instituído o regime diferenciado de trabalho (preferencialmente em home office), em 17 de março, foram proferidos 69.377 despachos, 39.576 sentenças, 27.270 decisões e 16.735 acórdãos, totalizando 152.958 atos.

De acordo com o diretor do Foro da JFPB, juiz federal Bruno Teixeira de Paiva, a produtividade mantém-se elevada, especialmente agora com o retorno gradual das atividades da Seccional, com as duas primeiras etapas já iniciadas nos meses de setembro e novembro, respectivamente, conforme a Portaria nº 292/2020. “Estamos empenhados em realizar um trabalho eficiente, independentemente de ser na modalidade remota ou presencial. O que queremos é garantir a mesma prestação jurisdicional efetiva, preservando a saúde de todos os envolvidos“, declarou o magistrado federal.

Dentre os resultados, destaca-se a quantidade de acórdãos produzidos neste ano, que foi 76% superior ao do ano passado. Em 2019, foram 9.460 acórdãos, enquanto que em 2020 já há o registro de 16.735 questões solucionadas no âmbito recursal. Os dados foram extraídos no último dia 04 de novembro da ferramenta Business Intelligence (BI), disponibilizada pelo Tribunal Federal da 5ª Região (TRF5), com base no período de 17 de março e 04 de novembro de 2019 e de 2020.

Transparência Pública

         Para facilitar o acesso à informação, é possível acompanhar, diariamente, o quantitativo de atos judiciais proferidos pelos magistrados da Seção Judiciária paraibana (Sentenças, Decisões, Despachos e Acórdãos) no Portal do órgão (www.jfpb.jus.br).

Autor: Seção de Comunicação Social da JFPB - imprensa@jfpb.jus.br


 Imprimir