Justiça Federal na Paraíba apoia campanha “Março Azul”

23/03/2021 às 07:47

Iniciativa, idealizada pela Sociedade Brasileira de Endoscopia Digestiva, alerta a população sobre os cuidados com o câncer colorretal

           A Justiça Federal na Paraíba (JFPB) está apoiando a campanha “Março Azul”, idealizada pela Sociedade Brasileira de Endoscopia Digestiva (SOBED), para alertar a sociedade sobre a importância da prevenção do câncer colorretal. Nos próximos dias, ações de conscientização serão apresentadas pelos canais de comunicação da JFPB, a exemplo do site institucional (www.jfpb.jus.br) e das redes sociais na internet.

A doença, que atinge o intestino, é uma das mais frequentes no mundo e uma das que mais matam, segundo o Instituto Nacional do Câncer (INCA). No Brasil, estimou-se, para o ano passado, 17.380 novos casos em homens e 18.980 em mulheres. Considerando esses números, o câncer colorretal é o segundo tipo mais frequente nos dois gêneros, excluindo-se os casos de tumores de pele. 

A previsão, até 2025, é de uma elevação nas taxas de mortalidade relacionadas à doença, principalmente devido ao processo de envelhecimento da população. Essa tendência deverá ser mais acentuada nas regiões menos desenvolvidas como Norte, Nordeste e Centro Oeste.  O estágio do câncer colorretal no momento do diagnóstico é determinante para a sobrevida.

Prevenção

De acordo com a Sociedade Brasileira de Endoscopia Digestiva, a prevenção primária inclui uma série de medidas que visam minimizar a elevação da incidência do câncer colorretal, tais como o combate ao: tabagismo, alcoolismo, obesidade, sedentarismo, consumo excessivo de carnes vermelhas, dieta pobre em fibras etc. Já a prevenção secundária é realizada através de técnicas de rastreamento que buscam diagnosticar lesões com potencial de transformação para câncer ou a doença já instalada, mas em fase precoce com boas chances de cura. 

Autor: Seção de Comunicação Social da JFPB - imprensa@jfpb.jus.br (Com informações da SOBED).


 Imprimir